Boletim 01/2021 – Clube Aprenda Eletrônica com Paulo Brites

Novos rumos do Clube Aprenda Eletrônica com Paulo Brites

Prezado aluno/assinante do Clube, este e-mail vai ser longo e peço que, ao final de sua leitura, envie uma mensagem para contato@paulobrites.com.br  com o AssuntoNovos Rumos do Clube confirmando que recebeu e leu todo o conteúdo.

  • Por que criei o Clube Aprenda Eletrônica com Paulo Brites?

Há muito tempo eu vinha pensando numa maneira, “mais sistemática”, de transferir, a quem interessasse, todo o conhecimento que adquiri, principalmente, em eletrônica e matemática, ao longo da minha vida, que fosse além dos posts no meu site.

Assim, em 2017, idealizei um sistema de aulas em vídeo que agregasse teoria, bem fundamentada, com a prática.

Funcionaria como uma espécie de “Netflix”.

As aulas em vídeo seriam colocadas numa plataforma, que eu denominei Clube Aprenda Eletrônica com Paulo Brites, e os alunos poderiam assisti-las, quando e onde quisessem e tirar as dúvidas comigo, nos comentários das aulas, enquanto fossem assinantes.

O número de “episódios” (aulas) da “série” não estava previsto.

Elas iriam acontecendo regularmente enquanto os alunos estivessem interessados e pagando a assinatura mensal.

A produção das aulas é trabalhosa, porque não faço “copia e cola”, como muita coisa que vemos por aí.

Por outro lado, a manutenção do sistema no ar tem custos que a cada dia vão ficando maiores com um dólar que não para de subir.

Aquela historinha de site grátis ou baratinho, que vemos anunciado por aí, é propaganda enganosa. Para funcionar direito tem que pagar, porque não existe almoço grátis.

Há que se considerar que, embora eu tenha uma boa dose de altruísmo, os altruístas também comem e têm contas a pagar!

Então, todo processo deveria me dar alguma remuneração (honesta) em troca do meu trabalho.

  • Estudar a distância não é fácil

Sem querer transformar este texto numa dissertação de um curso de pedagogia, creio que, pelo menos, duas considerações fundamentais, sobre “estudar a distância”, se fazem necessárias de serem colocadas aqui.

  • Um dos problemas que o estudante enfrenta para estudar a distância é a necessidade, eu diria, imperiosa, de ser, em boa parte, auto didata.

Todavia, as gerações “mais velhas” não foram treinadas, ou melhor dizendo, orientadas a fazer isso.

O sistema de ensino, pelo menos, no ocidente, com raras exceções, sempre se baseou na ideia de “adestrar” e em vez de “fazer aprender”.

Repare que eu não disse “ensinar” e sim, “fazer aprender” que, considero, são coisas bem diferentes.

Sempre gosto de lembrar uma frase atribuída a Galileu que diz, mais ou menos assim: – “ninguém ensina nada a ninguém, as pessoas aprendem, se quiserem aprender!”.

A geração Z, parece estar se adaptando mais ao auto didatismo, certamente, por conta da Internet e atualmente, da pandemia.

Por outro lado, a resposta para qualquer dúvida que se tenha, sobre qualquer assunto, pode ser encontrada na rede. Há que se ter cuidado, entretanto em verificar a credibilidade da resposta que está sendo oferecida, para não ser induzido ou conduzido ao erro.

Eu sou um autodidata nato e talvez por isso, quando comecei a lecionar “oficialmente”, lá pelo idos de 1968, já começava a pensar que o professor deveria funcionar mais como um tutor que um mero “transmissor de conteúdo”.

A pedagogia “moderna” começa a trabalhar com esta ideia, mas ainda encontra um pouco de resistência, seja pelas escolas, seja pelos alunos.

  • O outro ponto fundamental, para “estudar a distância” é, a meu ver, a necessidade imperiosa, da auto disciplina.

Você será o seu próprio “fiscal” para estabelecer seus horários de estudo.

Aliás, a auto disciplina não é apenas necessária, ousaria dizer, e obrigatória, para o “estudante a distância”. Os empreendedores, donos dos seu próprios negócios, que o digam.

  • O que vem acontecendo com o Clube há algum tempo

Atualmente a plataforma do Clube já conta com mais de 200 aulas e cerca de 150 alunos/assinantes.

Entretanto, observo que muitos deixaram de assistir as aulas há meses e dentro deste grupo, de “alunos gazeteiros”, temos uma parte significativa de inadimplentes.

Nenhum dos dois “tipos” me agradam.

As razões da inadimplência podem ir desde o desinteresse em assistir as aulas, por não ser o que esperava encontrar, o que é válido, falta de tempo, problemas pessoais e até financeiros.

Não vem ao caso.

Se você está num dos grupos acima e não pretende mais ser assinante (e não precisa justificar o motivo) apenas, peço que providencie o cancelamento da assinatura junto a Hotmart.

A partir de 31 de março de 2021 irei EXCLUIR do Clube TODOS os assinantes que tiverem mais de 3 parcelas em atraso.

  • Novos rumos do Clube Aprenda Eletrônica com Paulo Brites

A partir de 28 de fevereiro de 2021 também, irei decidir se o Clube continuará a existir ou terá que FECHAR AS PORTAS.

Porém, SE O CLUBE FOR DESATIVADO, TODOS os assinantes que estiverem com suas mensalidades em dia até 31 de março não serão excluídos e poderão CONTINUAR a assistir todas as aulas que já estiverem lá, por tempo indeterminado, ou seja, sem precisar pagar mais pela assinatura.

Se o CLUBE vier a ser desativado (ainda não decidi), aqueles que estiverem com as mensalidade em dia até 31/03/2021, passarão a ser uma espécie de “sócio remido” do Clube com acesso vitalício, desde que suas mensalidades estejam quites até 31 de março de 2021.

Continuarão a contar ainda com o meu suporte de dúvidas nas aulas que estiverem lá

  • Um novo projeto – Aulas on line

Outra questão é que este sistema de assinatura não tem funcionado muito bem, pois muitos tem dificuldades em manusear a Internet o que tem me causado muito desgaste e perda de tempo em ficar enviando sucessivos e-mails reexplicando sempre a mesma coisa.

A partir da segunda quinzena de fevereiro, pretendo colocar no ar uma nova plataforma de aulas on line com outro formato.

Em vez de “assinatura”, como no Clube, as aulas serão oferecidas em mini treinamentos, sobre assuntos específicos e com número de aulas bem definidos.

O interessado comprará o pacote de aulas que lhe interessar e pagará um valor único para ter acesso as aulas daquele treinamento por um período determinado, que poderá variar de seis meses a um ano, a partir da data da aprovação da compra.

No mais, continuará como no Clube, quem comprar o mini curso terá o espaço para tirar suas dúvidas comigo, nos comentários de cada aula do treinamento.

O primeiro treinamento que deverá estar no ar até o final de fevereiro será, o “prometido”, “Descomplicando o Osciloscópio”. 

Os assinantes ativos do Clube, até 31 de março de 2021, terão um desconto especial nestes pacotes de aulas.

Por enquanto, é isso e, por favor, não se esqueça de mandar um e-mail para contato@paulobrites.com.br  com o Assunto – Novos Rumos do Clube com as suas considerações para que eu saiba que você o leu.

Com ou sem vacina, Feliz 2021 e, se puder, fique em casa.

Se não puder, use máscara (corretamente), mesmo depois da vacina. evite aglomerações e use álcool em gel SEMPRE.

Os “véinhos”, como eu, e os profissionais de saúde agradecem.

Acreditem na ciência, o resto é Fake News, aliás se não fosse ela você não estaria lendo este post agora, já pensou nisso?

‘bora Aprender Sempre!